fbpx

10 dicas para fotografar a alma de uma modelo

Como os fotógrafos conseguem fazer essas imagens que parecem desenhar a essência do modelo? Seja mulher, homem, novo, velho, criança, as fotografias enchem nossos olhos por capturar um pouco da personalidade do fotografado, das coisas que são etéreas. E, como fotógrafos, nos instigam a conseguir esse tipo de clique sutil, registrando o imaterial. Aqui vão algumas dicas:
1. Saia do automático
Eu não falo só do programa “auto” da sua câmera, mas também do seu olhar automático sobre todos os assuntos. A fotografia está mais próxima do seu coração do que do seu dedo. Experimente também fotografar sem uma câmera, apenas sentindo o momento, o ambiente. Verá que tal exercício pode ser inspirador e pode lhe trazer uma ideia para o seu próximo projeto ou trabalho.
2. Fotografe o simples
A “não-fotografia” é algo muito difícil de fazer, requer cuidado e observação. Fotografar a modelo sem maquiagem e deixá-la linda somente com o controle de luz e de emoção, sem photoshop, sem filtros. Isto vai lhe exigir um certo conhecimento de iluminação, mas acima de tudo sabedoria para retratar o sentimento do momento, seja homem, mulher, criança, idoso, coisas, paisagem e até o bichinho de estimação.
3. Treine o olhar
Assista filmes, abasteça as suas pesquisas fotográficas, frequente exposições e alimente o seu olhar fotográfico também com músicas, cultura e livros. Você pode se inspirar na cena de um filme e também em um texto.

4. Evite legendas para as suas fotos
Tente retratar de tal forma que a imagem explique-se por si mesma.
5. Fotografe como se não existisse uma ferramenta de edição de imagem
É claro que você vai sempre achar algo para corrigir, processar, mas pode ser maravilhoso abrir uma foto no computador e perceber que ela vai ter muito pouco para corrigir. Além de recompensador, vai lhe economizar um precioso tempo de tratamento de imagem.
6. Experimente o novo
Experimente novas nuances de luzes, novas composições. Uma coisa é ser fiel ao seu estilo, outra coisa é ficar preso na sua zona de conforto.

7. Relacione-se com o fotografado
Crie intimidade, cumplicidade e respeito com quem você está fotografando. Pode ser uma criança, noivos, modelos ou pessoas comuns. O bom fotógrafo é como um psicólogo que sabe como extrair a verdadeira essência do seu paciente.
8. Seja você mesmo
Permita que a sua personalidade contribua para a foto, caso contrário, você estará fotografando o mesmo do mesmo.
9. Escute a luz
Eu vejo um grande números de fotógrafos que viraram dependentes do “depois eu arrumo no photoshop” e isso deveria ser vergonhoso. Se fotografia é a escrita da luz, é preciso primeiro entender e dominar a luz para depois imprimir a sua vontade, o seu desejo. Absorva a luz com seus sentidos. A luz pode ser densa, quente, suave, fria, dramática, e te trazer infinitas observações sobre o mesmo tema.
10. Aprenda a gostar de luz natural
Pode parecer fácil, mas na prática pode ser mais difícil do que parece. No estúdio, você pode manusear a luz, os tripés e os refletores, mas com a luz natural os recursos são limitados. É claro que é possível fotografar a alma também com luz artificial, mas conhecer e dominar todos os recursos da luz que provem do sol continua sendo o desafio de todos os fotógrafos. Aprecie a luz natural, estude as variações e saiba entender a diferença de luz, sombra, incidência e temperatura de cada horário; certamente esse contexto vai ajudar a melhorar a sua fotografia.

Gosta de fotografia de moda? Então não fique fora do workshop de Fotografia para Moda com o Vanilson Coimbra, na nossa unidade de Sorocaba, confirme a sua presença

https://escolaproarte.com.br/cursos/fotografia-de-moda/

Matéria retirada do site www.officeimshoot.com.br

fevereiro 13, 2017
Escola Pró-Arte© 1981 - 2019
X