fbpx

5 formas de dar vida nova aos móveis de madeira

Pintura colorida e efeito carbonizado estão entre as soluções fáceis de adotar

Usar madeira no décor é praticamente sinônimo de sucesso: o material traz aconchego e sofisticação para ambientes decorados de acordo com os mais diversos estilos. Mas como modernizar peças que duram uma vida inteira e até atravessam gerações? A seguir, confira cinco formas de dar vida nova aos móveis de madeira.

Pintura diferente

Aplicar uma ou mais cores em apenas uma parte do móvel de madeira é um jeito descolado de atualizar o mobiliário. A técnica é capaz de transformar um ambiente clássico em contemporâneo com apenas alguns toques, conforme mostrado no projeto do estúdio Masquespacio, cuja foto abre esta reportagem. Outra solução simples é utilizar tinta branca em uma peça de madeira natural, a exemplo da escada usada como toalheiro na casa da blogueira holandesa Chantal.

 

Monocromia e estampas

Pintar vários móveis de madeira com uma única cor é uma tendência para adotar já! Repetir o tom nas paredes é outra maneira de deixar o décor com uma cara mais contemporânea – afinal, a paleta monocromática é a tendência da vez na decoração. Brincar com a paleta também é um recurso bem-vindo, a exemplo desta sala em tons de verde e roxo criada pelo estúdio Masquespacio para a marca Doctor Manzana. Outro jeito de renovar móveis de madeira é apostar em elementos inusitados, como um fundo com print botânica em uma antiga estante para guardar livros e objetos.

 

Móveis laqueados

Um bom jeito de revitalizar móveis que perderam a graça é apostar no acabamento laqueado conseguido a partir da aplicação de pigmentos capazes de selar as superfícies. Armários pretos dos anos 1950, por exemplo, ganharam vida nova no projeto deste apartamento com ares vintage e pop em São Paulo. Quem ama cores pode apostar em algo mais ousado, caso deste outro projeto em que as portas dos armários da cozinha receberam tons de rosa em degradê.

Madeira natural

A madeira natural ganha status de protagonista em projetos elegantes. O acabamento cru e rústico deixa o ambiente mais aconchegante, além de evocar o minimalismo do estilo escandinavo, conforme demonstra o projeto desta sala da marca dinamarquesa Dinesen.

Efeito carbonizado

A proposta original da técnica japonesa do shou sugi ban é criar uma camada protetora sobre a madeira, mas o efeito carbonizado traz um aspecto esteticamente tão interessante que acabou se tornando uma tendência na decoração. Na foto acima, mesas de apoio do designer americano Kieran Kinsella.

 

 

 

Gostou dessa matéria? Venha até uma de nossas unidades conhecer mais sobre os cursos na área de Design de interiores.

Técnico em Design de Interiores

 

Matéria retirada do site: casavogue.globo.com

agosto 2, 2018
Escola Pró-Arte© 1981 - 2019
X