fbpx

Casas Russas

O país sede da copa inspira essa seleção de oito casas e uma escola

País continental de arquitetura de grandes monumentos, como as coloridas catedrais ortodoxas, os prédios high-tech, passando pelo movimento suprematisma e pelas peculiaridades do período comunista, a Rússia também tem interessante arquitetura cotidiana de menor escala.

As dachas são as famosas casas-refúgio de veraneio russa. Uma família numerosa solicitou esse projeto ao estúdio Za Bor Arquitetos. O resultado é um espaçoso gazebo com cozinha, que funciona bem no verão e no rigoroso inverno. A estrutura espressa leveza na forma e ao mesmo tempo mantém a privacidade da família com o uso de vidros satinados nas partes frontais e volumes abertos na direção do jardim e da floresta.

Localizada no pequeno vilarejo de Pribylovo, na Russia, essa tem paredes revestidas de pinheiro natural e amplas janelas com vista para o mar.

 

Localizada na zona industrial de Moscou, essa dacha, casa de verão russa, foi projetada pelo escritorio Khachaturian Architects. O cliente solicitou uma área recreacional multi-funcional onde pudesse trazer sua família e parceiros de negócios. Cada uma das fachadas está virada para um ângulo, criando uma atmosfera íntima, além de auxiliar na separação funcional do espaço interno. O telhado é uma continuação da fachada, mantendo integridade volumétrica. Durante o dia, dependendo da posição do sol, o espaço é preenchido com diferentes padrões de luz e sombra.

Essa casa foi projetada pelo escritório Le Atelier em Shatura, a 150 km de Moscou. O projeto buscou usar as técnicas e materiais diversificados encontrados na região, como os tijolos das construções dos anos 90, a estética das casas de madeira, arquitetura industrial e prédios abandonados. A casa térrea foi dividida em três blocos para aproximar da escala da vizinhança.

A paisagem do terreno foi o ponto de partida para o projeto da Landform House do escritório A61architects + YYdesign. As janelas com vista panorâmica maximalizam a entrada da luz e acentuam a conexão com a natureza.

A proposta dos arquitetos Ruetemple para essa casa de 48 m2 em Moscou foi criar um espaço multifuncional onde as pessoas possam interagir ou entrar num refúgio de tranquilidade e meditação.

escola para 220 crianças localizada em Moscou foi projetada pelo escritório Buromoscow, seguindo um plano de reurbanização da área. As janelas do primeiro e segundo andares tem forma de figuras marinhas e as do pátio interno são parcialmente coloridas gerando belos jogos de luz nos corredores.

A casa Chandelier foi projetada para o festival ARchstoyanie 2017 que tinha como tema “como viver?”. É uma unidade residencial pensada para duas pessoas, feita de madeira e sem janelas. A única abertura está localizada no teto, que conecta o volume opaco da casa com a tranparência do skylight, onde foi colocado o chandelier. Durante o dia, a casa é iluminada com luz natural e durante a noite o chandelier ilumina o interior e o exterior da casa.

A única residência privada desenhada pela arquiteta Zaha Hadid, a Capital Hill, está localizada em uma floresta nas proximidades de Moscou e é dividida em dois componentes, um deles 22 metros acima do solo para aproveitar as vistas do entorno.

 

Gostou dessa matéria? Entre em contato com as nossas consultoras e conheça mais os cursos que oferecemos.

Design de Interiores

 

Matéria retirada do site: casavogue.globo.com

junho 11, 2018
Escola Pró-Arte© 1981 - 2019
X