fbpx

Esta lâmpada acende com a energia produzida por plantas

Living Light, criada pelo designer holandês Ermi van Oers, usa da energia produzida na fotossíntese

Diante da crise energética que tem se acentuado em diversos pontos do planeta, profissionais de diversas áreas têm estudado e desenvolvido soluções para contornar este desafio. O designer holandês Ermi van Oers criou a Living Light, uma lâmpada que usa uma planta para produzir a sua eletricidade. Sim, é isso mesmo que você leu. Esta lâmpada acende utilizando a energia produzida por plantas no processo de fotossíntese.

A tecnologia foi apresentada na Dutch Design Week e promete revolucionar o mercado com sua autossuficiência, que dispensa uma tomada como fonte de energia. O sistema, baseado na chamada energia microbiana, já está sendo utilizado em cidades como Roterdão para iluminar parques. “O potencial desta lâmpada é enorme. As luzes de rua poderiam ser conectadas a árvores. As florestas poderiam se tornar usinas de energia. Campos de arroz na Indonésia poderiam produzir alimentos e eletricidade para a população local”, afirmou o profissional ao Dezeen.

Curioso para saber como ele funciona? Conforme uma planta faz fotossíntese, suas raízes liberam compostos orgânicos. Ermi van Oers “alimentou” o solo com bactérias que interagem com esses compostos e liberam elétrons que são transportados por um fio ligado ao vaso e conectado a um anel de LEDs. Quando um usuário toca as folhas da planta, o processo se intensifica e a luz se acende.

Apesar de ser uma solução inovadora e sustentável para o problema energético, o desafio é a quantidade de energia necessária para abastecer grandes regiões. E, claro, muitas plantas são necessárias para se acender uma lâmpada. Isso porque, embora a planta possa produzir energia sempre que em contato com a luz solar, ela leva um dia inteiro para produzir a quantidade energética necessária para acender uma lâmpada por 30 minutos. Eis o próximo desafio que os pesquisadores estão tentando resolver.

 

 

Gostou dessa matéria? Venha até uma de nossas unidades conhecer mais sobre os cursos na área de Design de Interiores e Paisagismo.

 

Encontre seu curso

 

Matéria retirada do site: casavogue.globo.com

junho 29, 2018
Escola Pró-Arte© 1981 - 2019
X