fbpx

O que é Design de Interiores?

O nosso professor de Design de Interiores da unidade de Campinas, Ronaldo Anarelli Ferrari, explicou um pouco para os futuros alunos e profissionais sobre o que é Design de Interiores?

Essa pergunta sempre surpreende meus alunos nos primeiros dias de aula. A maioria deles não sabe muito bem como definir o próprio curso e nem as áreas em que eles, futuros profissionais Designers de Interiores poderão atuar.

Acredito que a resposta é muito mais simples do que muitos de vocês devem estar pensando. Para mim, a função dessa profissão é achar o ponto ideal entre o espaço, o ambiente delimitado pela arquitetura, e as pessoas, usuários deste espaço. Parece complicado, mas não é. O profissional designer de interiores deve ser apto a captar as possibilidades espaciais e as limitações do ambiente aliando-as às necessidades funcionais definidas pelas pessoas que o utilizam. Não se trata de apenas embelezar os espaços, mas torná-los ambientes melhores para se viver, para impulsionar as vendas, e incentivar os funcionários em uma empresa, por exemplo.

Sempre digo que na receita ideal para esse profissional não poderão faltar:

Sensibilidade: Para entender o que os clientes querem e o que eles realmente precisam, nunca se colocando em uma situação superior que pode beirar a arrogância. Lembre-se que não é você que irá conviver com esse espaço e sim eles e que um cliente satisfeito fará o seu nome e te indicará para outras pessoas.

Criatividade: Para contornar situações complicadas como onde colocar os condensadores do ar-condicionado (acreditem, esses sempre dão dor de cabeça) em edifícios antigos e para deixar a sua marca com soluções inovadoras e surpreendentes. Não precisa ser complicado, precisa ser legal e funcionar bem!

Bom Senso: Acreditem, esse ingrediente é muito poderoso para fazer de você um profissional potente. Ele te ajudará a especificar corretamente de acordo com o perfil do cliente e as situações de uso. Um exemplo disso é você especificar um mobiliário de alto luxo para clientes que não possuem poder aquisitivo para tal. Isso poderia criar constrangimentos e desestimular esses clientes.  Nem sempre o caro é bom e o barato é ruim. Já estive em muitas lojas conceituadas que vendem, me desculpem a palavra, porcarias por preço de ouro. A máxima “o barato saiu caro” também se aplica aqui. Por isso esse ingrediente é muito importante e se alia estreitamente com o próximo.

Conhecimento Técnico: Essencial para qualquer atividade. Esse profissional deve dominar cada pedacinho de conhecimento que envolva a construção de um espaço em seu detalhamento. Se você como designer de interiores especificar um piso sem o atrito mínimo em uma área exterior e durante uma chuva seu cliente cair e se machucar, você pode ser responsabilizado e até processado pela situação, pois você assumiu o risco ao especificar esse material. Esse é apenas um pequeno exemplo, mas imaginem isso aplicado à iluminação, circulação de pessoas, ventilação, ergonomia e muitas outras variáveis. O conhecimento técnico é necessário para entender as possibilidades do espaço e como as pessoas podem interagir com ele.

Bom acho que por hoje é só. Espero não ter confundido mais a cabeça de vocês.

Deixo com vocês um pequeno estudo para um casal de clientes meus. Nesse apartamento de 60m² tentei ampliar a área social, pois o casal gosta muito de receber seus amigos. Para isso, sugeri a retirada de uma parede de dry-wall integrando a sala de tv com a sala de estar e a cozinha americana. Para não perder a possibilidade de ter um quarto fechado na sala de tv eu sugeri a instalação de painéis deslizantes que podem ser fechados no caso de se querer mais privacidade. Este é apenas um estudo de perspectivas retiradas da maquete eletrônica construída no Promob pró-15.

 

 

 

 

 

 

 

Técnico em Design de Interiores

 

Ronaldo Anarelli Ferrari é professor regular da Escola Pró-Arte, atuando em vários de seus cursos, mas principalmente nas áreas do Design de Interiores e no Design Gráfico. Sua formação é em Arquitetura e Urbanismo através da Universidade Estadual de Campinas, a UNICAMP. Atualmente é mestrando no programa de pós-graduação em artes visuais do Instituto de Artes da mesma universidade. Além de sua carga teórica devido a sua participação intensiva no meio acadêmico o professor também é ativo no mercado da arquitetura e do design de interiores, o que contribuí muito para seu conhecimento sobre a prática e as variações e atualizações deste.

Para saber mais sobre o professor é só acessar a sua página no facebook: Ronaldo Anarelli – Arquitetura e Superfícies.

janeiro 17, 2017
Escola Pró-Arte© 1981 - 2019
X