Motivando talentos | Criando profissionais
Campinas: (19) ​2511.6472 Sorocaba: (15) 3233.5312 Jundiaí (11) 4586.0328
Comment are off

Paisagismo – Planta para interiores

Conheça as espécies que podem ser cultivadas nos ambientes internos e deixe sua casa inteira alegre com dicas de planta para interiores

Ter plantas verdes e vistosas em espaços fechados, pouco ventilados e com baixa incidência solar pode parecer missão impossível, mas com a escolha correta dos tipos, o cultivo pode render belos exemplares para decorar e encher de vida as áreas. “Pleomele (Dracaena reflexa), brilhante (Zamioculcas zamiifolia), ráfis (Rhapis excelsa), bromélias (Bromeliaceae) e lança-de-são-jorge (Sansevieria cylindrica) estão na lista da melhor planta para interiores quando os ambientes são pouco iluminados”, ensina a paisagista Beatriz de Santiago, do Rio de Janeiro, RJ. Segundo o engenheiro agrônomo e paisagista Emerson Steinberg, do interior paulista, as espécies que necessitam de menos de quatro horas de sol, como marantas (Marantaceae) e palmeira-bambu (Chamaedorea elegans), adaptam-se bem aos espaços internos, incluindo banheiros. Outra das plantas para interiores bastante recomendada para espaços pouco iluminados é o bambu-da-sorte (Dracaena sanderiana). “É lindo e não dá trabalho nenhum”, cita a paisagista. Para as varandas que recebem mais de quatro horas de sol, as floríferas mais indicadas são azaleia (Rhododendron simsii), primavera (Bougainvillea glabra) e petúnia (Petunia integrifolia), todas dispostas em vasos. No caso de espaços pequenos, os jardins verticais são boas opções que permitem utilizar espécies com cores e texturas diferentes. Há ainda as que não exigem rega diária, por exemplo, as suculentas e os cactos. Atenção apenas aos quartos, pois o uso de plantas não é recomendado. “Algumas liberaram substâncias tóxicas aos insetos que podem dar a sensação de falta de ar aos ocupantes”, alerta Steinberg.

Ráfis e Pata-de-elefante

A ereta e entouceirada palmeira leva elegância na decoração de interiores. O tom verde-escuro e brilhante de suas folhagens é muito apreciado. A espécie deve ser cultivada em solo fértil e bem drenável e irrigado regularmente. Pode ser plantada sozinha ou em grupos.
De beleza escultural, a planta para interiores faz sucesso com suas folhagens pendentes de verde intenso. Deve ser cultivada em locais com incidência solar direta, tolera o calor e o frio, mas não suporta o encharcamento.

Lança-de-São-Jorge

Com formato cilíndrico e com manchas branco-acizentadas, a lança-de-são-jorge é rústica e pode ser disposta em vasos, bordaduras ou maciços em canteiros. Tolera bem a seca.

Dracena

Originária da África, a dracena é uma planta rústica que pode ser cultivada em vasos na decoração de interiores. Caracteriza-se por ser um arbusto grande, raramente ramificado, com folhagens verdes ou com margens amareladas.

Bambu-da-sorte

Muito popular na decoração de interiores, cultivada em água de maneira hidropônica, a espécie pode ser empregada também isolada, em jardineiras e em vasos para adornar pátios e varandas protegidas, sempre à meia-sombra ou luz difusa.

Gostou dessa matéria? Venha até uma de nossas unidades conhecer os nossos cursos na área de Paisagismo.

Aulas com início imediato.

Técnico em Paisagismo

Matéria retirada do site:www.casadois.com.br

Sobre o autor