fbpx

Xadrez: o guia definitivo para usar a padronagem neste inverno

Após o vichy ter dominado o verão, o xadrez surge nesta temporada com mood mais sóbrio e maduro, do estilo tomboy ao artsy

 

Quando os escoceses perderam para os ingleses a Guerra Jacobita, no fim do século 18, e foram proibidos de usar os tartãs tradicionais de seus clãs pelas quatro décadas seguintes, as mulheres imediatamente incorporaram a padronagem típica das saias kilt masculinas como forma de protesto, passando a exibi-la em vestidos, xales, cortinas e até toalhas de mesa. Desde então, o xadrez nunca mais deixou o closet feminino: no fim dos anos 50, chegou a estampar o vestido do segundo casamento de Brigitte Bardot (em sua versão vichy); na década de 70, foi revisitado por Vivienne Westwood e virou um dos ícones do movimento punk; nos 90’s, se tornou um dos protagonistas do visual grunge.

No verão passado, o xadrez foi hit absoluto entre as brasileiras com uma nova onda de vichy. Agora, com a chegada do inverno, segue mais em alta do que nunca, em opções mais sóbrias e maduras, que circulam do escritório ao dia a dia. Enquanto o príncipe de gales invadiu as ruas, estampando ternos e virando sucesso no street style, uma versão mais fresca e feminina surgiu nas passarelas, nos desfiles de grifes como a Hermès, que decorou casacos, ponchos e vestidos com prints de fundo claro e traços multicoloridos. “Eu estava interessada em trazer uma nova definição ao xadrez e ao couro, que para mim são códigos clássicos. A mensagem principal é não ter medo de uma tradição, mas sim brincar com ela”, explicou a estilista Nadège Vanhee-Cybulski após a apresentação da maison.

Vale vestir o xadrez da cabeça aos pés (como no desfile para o verão 2018 da Fendi, no qual a padronagem enfeitou inclusive as meias-calças), apostar em uma única peça statement com o print, misturá-lo a outras estampas (inspire-se na Marni e invista na dobradinha com o floral) ou incorporá-lo inclusive em acessórios. Escolha aqui o mood que mais combina com você e faça já sua jogada de mestre!

 

TARTÃ 2.0
A saia que remete ao kilt típico dos escoceses ganha o dia a dia, combinada à jaqueta com o mesmo print. Suéter de gola alta e botas over the kneegarantem o acento urbano.

 

TOMBOY
Conjuntos de alfaiataria estampados com o xadrez príncipe de gales estão entre as peças mais fortes deste inverno. Para vestir o terno sem caretice, troque a camisa de seda por uma t-shirt e o salto por uma bota mais masculina (vale inclusive ousar com meia em tom vibrante à mostra).

 

DOCES CAMADAS
print que é a cara do movimento grunge também surge ultrafeminino, colorido em tons açucarados. Brincar com diferentes tipos de xadrez em um mesmo look é styling vencedor – para finalizar, eleja um casaco em estilo teddy bear, peça-chave da temporada.

 

ARTSY
Desconstruído, o xadrez aparece em looks que fazem bonito entre arquitetas, galeristas e artistas plásticas. Leve o espírito patchwork dessa padronagem para os acessórios e aposte em meias-calças com grafismos coloridos e flats que misturam diferentes materiais.

 

WORKING WOMAN
Experimente usar o print ultrassóbrio em conjuntos de modelagem mais desabada, em vez dos ternos de alfaiataria que seriam a opção óbvia.

 

MILITAR
A parka em tom navy é complemento perfeito para o conjunto xadrez que tem como fundo o mesmo azul do casaco. Exercite a logomania com a bolsa-saco usada crossbody, que segue o mesmo ar utilitário do look.

 

GET THE LOOK

PARA INCORPORAR JÁ!

 

STREET FEMININO
A minissaia com babados ganha versão street acompanhada de colete esportivo, tênis e pochete na mesma padronagem da roupa

 

MIX ESPERTO
Na hora de misturar estampas, não se restrinja apenas aos diferentes tipos de xadrez: animal prints e florais também compõem bem o look da vez

 

ALFAIATARIA ESPORTIVA
Para imprimir viés esportivo ao terno príncipe de gales, aposte na calça com listra lateral e no blazer usado caindo pelos ombros

 

PATRICINHA DE BEVERLY HILLS
O figurino de Cher Horowitz no clássico dos anos 90 segue inspirando a moda: em vez de conjuntinho com saia plissada, aplique o xadrez amarelo do figurino da personagem em uma calça-cenoura

 

ATÉ O CHÃO!
Vista a estampa da cabeça aos pés – inclusive na meia-calça! O segredo é sobrepor diferentes versões da padronagem, como na proposta da Fendi

 

Gostou dessa matéria?

Na Pró-Arte você encontra vários cursos na área de Moda, descubra qual combina mais com você.

Técnico de Produção de Moda

 

Matéria retirada do site: vogue.globo.com

 

maio 18, 2018
Escola Pró-Arte© 1981 - 2019
X